UTILIZAÇÃO DE ÁGUA NA INDÚSTRIA DE ABATE E PROCESSAMENTO DE FRANGO DE CORTE: UMA ABORDAGEM EMPREGANDO TÉCNICAS DE DINÂMICA DE SISTEMAS - Ietec

UTILIZAÇÃO DE ÁGUA NA INDÚSTRIA DE ABATE E PROCESSAMENTO DE FRANGO DE CORTE: UMA ABORDAGEM EMPREGANDO TÉCNICAS DE DINÂMICA DE SISTEMAS

Mestre
Cristiano de Andrade e Silva

Esta pesquisa teve como objetivo avaliar o consumo de água na demanda de produção em uma unidade industrial de processamento de frango de corte por meio das técnicas de dinâmica de sistemas disponíveis na versão PLE do AnyLogic®. Entender a relação de oferta e demanda do recurso hídrico foi determinante na elaboração de um modelo que possibilitou mitigar impactos ambientais, prever a escassez de água e planejar a demanda de produção com limites adequados de captação em função da disponibilidade simulada. Para tanto, foi necessária a utilização de uma ferramenta com sólida base científica que permitisse a exploração da técnica de dinâmica de sistemas e auxiliasse no direcionamento de estudos e a tomada de decisão da equipe de sustentabilidade e da gestão da empresa avaliada. O principal resultado proporcionado pelo modelo que mapeou os volumes e horas outorgadas de cada fonte de captação de água e a quantidade de água utilizada por ave abatida foi demonstrar, por meio dos experimentos simulados com dinâmica de sistemas, a relação de oferta e demanda que causou o colapso na disponibilidade do recurso hídrico ou que contribuiu para um cenário de produção sustentável. Pretendeu-se, por meio da análise dos dados coletados na unidade industrial avaliada e do modelo de dinâmica de sistemas que teve como referência o modelo proposto por Freitas (2017), contribuir com as decisões estratégicas da empresa, bem como adequar o consumo de água no cenário industrial estudado. Os resultados alcançados com este trabalho demonstraram um déficit hídrico no cenário atual e a necessidade de redução de consumo de água por ave processada como pré-requisito para o aumento sustentável da demanda de produção. Este estudo ainda possibilitou uma avaliação conjunta ao índice de sustentabilidade, calculado em todos os cenários.

Data: 21/12/2020

Banca avaliadora: Prof. Dr. Keller Sullivan Oliveira Rocha; Prof. Dra. Wanyr Romero Ferreira; Prof. Dr. Eduardo Trindade Bahia;

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com