Análise do processo de automatização de ensaios químicos do laboratório de análise mineral por meio de simulação de eventos discretos - Ietec

Análise do processo de automatização de ensaios químicos do laboratório de análise mineral por meio de simulação de eventos discretos

Mestre
Otávio de Andrade Moraes

Entre 2011 e 2016, foi registrado uma queda de 70% do preço das commodities de minério de ferro, forçando as empresas do ramo a reverem seus processos produtivos a fim de evitar ao máximo o desperdício de capital. Dessa maneira, para melhorar a eficiência de processos, uma das possíveis soluções é a automatização robótica dos mesmos. Entretanto, tal inovação depende de um alto investimento financeiro, fazendo com que esta decisão deva ser tomada com cautela. A fim de auxiliar na tomada de decisão deste tipo de investimento, este trabalho teve como objetivo analisar e propor melhorias para o fluxo de trabalho do laboratório de análise mineral de uma empresa mineradora de grande porte por meio da simulação de um modelo de eventos discretos. Atualmente, está em fase de ramp-up neste setor, a implementação de um robô para realizar as análises químicas das amostras minerais. O modelo desenvolvido foi simulado no software Arena®. Para realização do trabalho, primeiramente, foram coletados dados históricos, como tempos e fluxos dos processos, quantidades de amostras, taxa de utilização de recursos, dentre outros. Após, validou-se o modelo desenvolvido simulando um cenário base que representa a realidade do laboratório sem a automatização. Em seguida, foram simulados outros três cenários que consideraram o fluxo do processo com a implementação da automação e se diferenciaram pela disponibilidade de recursos planejados no projeto inicial. A análise do fluxo foi feita com base em três indicadores de desempenho importantes para a laboratório, sendo a quantidade de análises de amostras realizadas, taxa de utilização dos funcionários e tempo médio de análise das amostras. A partir dos resultados das simulações, pôde-se concluir que a automatização do laboratório será benéfica para a empresa, com redução expressiva dos indicadores estudados quando esta estiver funcionando de acordo com sua capacidade planejada. Porém, ainda na fase ramp-up, constatou-se os piores indicadores de desempenho dentre os cenários simulados. Algumas possíveis melhorias foram identificadas por meio dos resultados de maneira a auxiliar os gestores do laboratório para que esta fase transitória passe sem grandes complicações.

Data: 17/10/2018

Banca avaliadora:

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com