Análise crítica da Cultura Organizacional e da melhoria contínua dos processos no aumento da produtividade - Ietec

Análise crítica da Cultura Organizacional e da melhoria contínua dos processos no aumento da produtividade

Mestre
Luis Americo Tancredi

Este estudo avalia a utilização da melhoria contínua dos processos no aumento da produtividade ressaltando a influência da mudança da cultura organizacional ou mais especificamente das pessoas envolvidas tanto na gestão dos processos quanto na operacionalização dos mesmos. O modelo proposto foi desenvolvido, utilizando a dinâmica de sistemas, a partir do modelo desenvolvido por Repenning e Sterman (2002) e denominado “Armadilhas da Capacidade”. Focou-se no diagrama causal definido pelos autores como o de melhorias de segunda ordem que é também denominado como trabalhar de maneira mais inteligente em vez do diagrama causal de melhorias de primeira ordem denominado como trabalhar mais arduamente. A dinâmica de sistemas possibilitou visualizar as inter-relações existentes entre as várias variáveis envolvidas em processos de produção genéricos e a influência da mudança da cultura organizacional em todo este processo. A mudança cultural é o grande impulsionador de todo este sistema levando a uma nova maneira de gerenciar a produção tirando o foco exclusivo em assegurar volumes de produção pré-estabelecidos a qualquer custo e realocando-o em trabalhar de maneira mais inteligente. Trabalhar mais inteligentemente significa melhorar continuamente os processos reduzindo desperdícios e melhorando continuamente a qualidade do que é produzido com o consequente aumento da produtividade.

Palavras-chave: Cultura organizacional. Dinâmica de sistemas. Melhoria contínua. Produtividade.

Baixar dissertação completa

Data: 18/08/2016

Banca avaliadora: Prof. Dr. Luiz Rodrigo Cunha Moura, Prof. Dr. Mauri Fortes, Profa. Dra. Wanyr Romero Ferreira - Ietec (Orientadora)

Ao Criador pelo amor infinito e pela luz que sempre iluminou os caminhos que escolhi trilhar na jornada da minha vida. À minha orientadora, Professora Dra. Wanyr Romero Ferreira, pelo apoio, disponibilidade, atenção nas revisões e ótimas sugestões durante as orientações. À Sirlene Cassiano, responsável pela biblioteca do Ietec, pela sua gentileza, atenção e disponibilidade em todas as ocasiões que solicitei ajuda. À Ivana, minha mulher, pelo incentivo e paciência durante todo o período do mestrado. À Cláudio Diniz, meu amigo e companheiro de viagem, pela amizade e bons papos em nossas viagens a Belo Horizonte.