A DECISÃO MULTICRITÉRIO NOS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO, VIA ANÁLISE HIERÁRQUICA DE PROCESSOS (AHP): ANÁLISE DA INCONSISTÊNCIA NAS MATRIZES DE COMPARAÇÃO PAR A PAR NAS ABORDAGENS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA - Ietec

A DECISÃO MULTICRITÉRIO NOS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO, VIA ANÁLISE HIERÁRQUICA DE PROCESSOS (AHP): ANÁLISE DA INCONSISTÊNCIA NAS MATRIZES DE COMPARAÇÃO PAR A PAR NAS ABORDAGENS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA

Mestre
Marcelo Neto Botelho

Este trabalho objetiva avaliar o emprego da técnica Analytic Hierachy Process (AHP) em situações de análise multicritério de temas ligados à Governança Corporativa. A governança corporativa incorpora temas diversos em relação aos quais, seus principais agentes, os Conselheiros de Administração, são frequentemente demandados a análises e decisões de natureza subjetiva quanto às relevâncias dos critérios considerados. A técnica AHP possibilita estruturar estas análises gerando, a partir das comparações Par a Par entre Critérios envolvidos, vetores de priorização da decisão. Entretanto, a análise humana é subjetiva e carrega por definição, certa carga de inconsistência. A técnica AHP admite, dentro de certos limites, tal inconsistência, incorporando assim o efeito da subjetividade humana, na análise. O autovetor final gerado pela técnica AHP, quando incorporada a inconsistência da análise, difere do ranking inicial de prioridades, este decorrente de uma comparação Par a Par consistente. A técnica AHP prevê Índice de Inconsistência que objetiva estimar se o Autovetor final contém reversão de ranking. Diversos autores têm se dedicado a estudar alternativas que reduzam a inconsistência, especialmente através de escalas de pesos em alternativa à originalmente proposta pela técnica AHP (pesos de 1 a 9). Esta Dissertação, para dar maior clareza à avaliação do efeito das inconsistências, desenvolve índices dedicados à análise da qualidade dos autovetores gerados, testa escala de pesos alternativa e aplica a técnica AHP (em duas escalas de pesos diferentes) à estrutura hierárquica de avaliação de status de governança. Os resultados obtidos contribuem para consolidar a escala EGB (Escala Generalizada Balanceada) como alternativa nas análises multicritério de temas de Governança Corporativa como também, traz embasada evidência de ser a técnica AHP, apoio efetivo à tomada de decisões corporativas. O emprego dos índices de avaliação dos autovetores, desenvolvidos nesta Dissertação, trouxe clareza e assertividade, ao promoverem a efetiva análise dos distúrbios havidos nos autovetores gerados e não somente uma indicação de possibilidade de reversão, foco exclusivo dos atuais índices e inconsistência.

Data: 02/09/2021

Banca avaliadora: Prof. Dr. André Luis de Castro Lea; Prof. Dr. José Luiz Braga; Prof. Dr. Bruno Santos Pimentel

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com